domingo, 29 de maio de 2011

Pudim Merengado de Banana

Pudim Merengado de Banana

http://baunilha-caramelo.blogspot.com/

Por estes lados tem estado tanto calor que torna-se quase impossível ir para a cozinha… Ninguém sensato liga o forno num dia de calor intenso (definitivamente a sensatez não é a minha característica mais marcada…) :-)

Simplesmente há dias em que preciso de ir para a cozinha e pronto! Pouco interessava se estavam 40°, o pudim de banana não abandonava os meus pensamentos… Tinha que o fazer!

Sempre que desfolhava este livro, parava na página desta receita e questionava-me porque ainda não tinha feito. Parecia simplesmente divino …

Agora que finalmente o fiz, posso dizer, que é verdadeiramente divino!
Camadas de bolacha, banana e de creme de baunilhada, finalizados com um leve e suave merengue … Sem dúvida o meu género de sobremesa, fresca e leve, uma combinação de sabores suaves e de diferentes texturas … Compensou todo o calor passado!

Depois de algumas sugestões dos meus leitores, criei uma conta de facebook para o Baunilha. Por isso se ainda não o fez, junte-se a nós. Mais uma vez obrigada a todos pelos comentários e pelos e-mails :-)


Pudim Merengado de Banana
Receita adaptada do livro The Oprah Magazine Cookbook

Ingredientes:
4 ovos grandes (separados)
110g açúcar
30g de maisena
550ml leite
1 colher de chá de açúcar baunilhado
40g de manteiga
2 bananas maduras e firmes
200g de bolacha Shortcake (ou a mesma quantidade de bolacha Maria)
leite qb.

Preparação:
Num tachinho , juntar 40g de açúcar com a maisena e o sal. Com uma vara de arames, misturar bem em seco. Aos poucos adicionar o leite e misturar até ficar dissolvido. Levar ao lume (médio) até ferver, mexendo frequentemente. Quando levantar fervura retirar do lume.

Bater ligeiramente a s gemas e juntar a estas um pouco de leite quente, misturar bem. Posteriormente adicionar a mistura das gemas ao leite quente e voltar a levar ao lume (mexendo sempre). Deixar ferver cerca de 2 minutos (mexendo sempre com a vara de arames). Retirar do lume e adicionar a manteiga e o açúcar baunilhado. Misturar bem até ficar completamente homogéneo.

Pre-aquecer o forno a 180ºC.

Num refractário redondo de 25 cm, colocar metade das bolachas (ligeiramente humedecidas em leite). Colocar por cima das bolachas, uma banana cortadas às rodelas e tapar com metade do creme preparado. Repetir o processo com as restantes bolachas, a restante banana e o restante creme.

Adicionar as claras, uma pitadinha e sal e metade do restante açúcar. Bate-las na velocidade média da batedeira, quando começarem a ficar brancas e espumosas adicionar aos poucos o restante açúcar. Aumentar a velocidade da batedeira e bater as claras até que estas formem picos suaves e firmes.

Com uma colher de sopa colocar as claras por cima do creme. Dispor as claras de forma a que toquem nas paredes do refractário (previne que encolham). Não alise totalmente as claras, deixe pequenos picos .

Levar ao forno até ficar ligeiramente dourado (15-20 minutos). Deixar arrefecer à temperatura ambiente. Depois de frio, colocar no frigorífico pelo menos 4 horas. Servir bem fresco.


Tartelettes Merengadas de Coco


Tartelettes Merengadas de Coco

Continuo de férias…É bom estar em casa com a minha família, é bom estar relaxada e ter tempo para as coisas o que gosto de fazer… Cozinhar, ler, nadar, fotografar, andar a pé … Coisas simples mas que me deixam feliz :-)

Ontem não esteve tanto calor, por isso atrevi-me a ligar o forno. Há vários dias, que tinha uma receita pensada: tartelettes merengadas de coco…


Cá em casa, toda a gente gosta muito de coco, por isso são sempre bem recebidas as receitas
que levam este ingrediente.

Estas tartelettes têm coco em dose dupla: na base e no seu recheio … 
São frescas e muito deliciosas. Devo dizer que superaram todas as minhas expectativas.
É muito difícil resistir a estas tartes em miniatura! :-)


Gosto muito de fazer tartelettes, acho que ficam bastante mais bonitas e apetitosas do que as tartes, no entanto, dão um pouco mais de trabalho.

Para a preparação desta receita, utilizei forminhas descartáveis de alumínio (com 45 ml de capacidade,
que comprei no Pingo Doce). Como são bastante maleáveis, torna-se mais fácil desenformar.

Esta receita também pode ser preparada, numa tarteira de 25 cm de diâmetro e com fundo amovível.
Neste caso torna-se necessário untar a forma com manteiga, antes de colocar a massa.


Tartelettes Merengadas de Coco
(Para 12 tartelettes)

Ingredientes:
Base:


100g de farinha
50g de coco ralado
1 ovo
2 colheres de sopa de açúcar
15g de manteiga

Recheio:

3 gemas
25g de maisena (amido de milho)
1 colher de chá de açúcar baunilhado
40g de coco ralado
150g de açúcar
500ml de leite

Merengue:

3 claras
1 pitadinha de sal
1 colher de chá de maisena
70g de açúcar

Preparação:
Base:


Amassar todos os ingredientes da massa até obter uma massa homogénea, que não se prende aos dedos (se necessário juntar mais um pouco de farinha). Levar ao frigorífico durante 20 minutos.

Pre-aquecer o forno a 180º.

Numa superfície enfarinhada, estender a massa com a ajuda de um rolo. Forrar as forminhas com a massa. Com um garfo vincar levemente o bordo da massa.

Por cima da massa, colocar papel vegetal e encher com feijão seco.

Colocar as forminhas anteriormente preparadas, num tabuleiro de alumínio e levar ao forno até a massa ficar cozida (quando começarem a ganhar cor).

Retirar do forno, descartar o feijão e o papel vegetal.

Com cuidado, soltar a base das tartelettes das forminhas de alumínio. Manter as bases das tartelettes nas formas de alumínio.

Recheio:

Num tachinho, juntar a maisena com o açúcar, o açúcar baunilhado e as gemas e misturar bem com uma vara de arames. Aos poucos juntar o leite e misturar até a ficar tudo bem dissolvido.

Levar ao lume (mexendo frequentemente). Quando o creme começar a engrossar, juntar o coco ralado e misturar bem. Deixar ferver durante 2 minutos até obter um creme espesso.

Encher as bases com o creme preparado.

Merengue:

Misturar o açúcar com a maisena, reservar.

Com a batedeira na velocidade máxima, bater as claras com o sal. Quando as claras começarem a formar picos suaves, juntar a mistura do açúcar e bater até formar picos bem firmes.

Colocar sobre cada tartelette um pouco de merengue e formar pequenos picos (pode utilizar um saco de pasteleiro para obter resultados mais bonitos).

Levar novamente ao forno até o merengue ganhar cor (cerca de 10 minutos).

Retirar do forno e deixar arrefecer.

Quando as tartelettes estiverem à temperatura ambiente, desenformar com cuidado e levar ao frigorífico até servir.


Bolo Fresco de Coco

Bolo Fresco de Coco

Aqui em casa, há determinadas receitas que são repetidas imensas vezes e agradam sempre. Esta é uma delas, depois de colocar aqui a receita, certamente já a voltei a fazer algumas dezenas de vezes…

Muitas das vezes a pedido da família, a minha maninha gosta tanto destes quadradinhos de bolo que os baptizou carinhosamente de “coquinhos”. Outras vezes para lanches e almoços com amigos.


Regra geral, é um bolo que é apreciado por todos e até mesmo os que dizem não gostar muito de coco, acabam por ficar rendidos a estes quadradinhos …


Sei que é a segunda receita de coco seguida, as minhas desculpas a quem não aprecia, prometo que a próxima não será!
Depois de fazer esta receita duas vezes na semana passada (a pedido de uma pequena e de uma mãe gulosa…) resolvi fotografa-la novamente e falar um pouco sobre ela.


É um bolo ideal para os dias quentes de Verão, uma vez que é bastante fresquinho.

Os quadrados de bolo são mergulhados numa calda e posteriormente rebolados em coco…
Leva-se ao frigorífico por duas horas para refrescar…

Depois é comer um quadradinho, ou dois … ou três … :-)



http://baunilha-caramelo.blogspot.com/



Bolo Fresco de Coco

Os dias tem estado tristes e chuvosos …
E para mim, a melhor maneira, de aproveitar a tarde de um dia chuvoso, é aventurar-me em mais uma “experiência” culinária.


Desta vez, o escolhido foi um bolo de coco. Já algum tempo, que queria experimentar esta receita
(assim como tantas outras que continuam na “lista de receitas a fazer" … ) Fiz bem não esperar mais…

Estes cubinhos, que se comem em duas dentadas são irresistíveis. Frescos e deliciosos. 
Torna-se impossível comer só um…


Bolo Fresco de Coco
Ingredientes:
Bolo :

3 ovos
240g de açúcar
200ml de leite
270g de farinha
1 colher de chá de fermento
1 colher de sopa de manteiga magra

Calda:

200ml de leite de coco
100 ml de leite
½ lata de leite condensado

Cobertura:

200g de coco seco ralado

Preparação:

Pre-aquecer o forno a 190C. Untar com manteiga e polvilhar com farinha um tabuleiro de 30x22 cm.
Peneirar a farinha e o fermento. Reservar.

Com a batedeira, bater os ovos, o açúcar e a manteiga, durante 2 minutos na velocidade máxima. Alternadamente adicionar a farinha e o leite à massa, bater por mais 2 minutos.

Deitar a massa na forma previamente preparada e levar ao forno até estar cozido (teste do palito no centro do bolo).

Quando o bolo estiver cozido, desenformar o bolo e cortar em cubos com +/- 7 cm de lado. Deixar arrefecer.

Numa tigela, juntar o leite de coco, o leite e o leite condensado, misturar bem. Mergulhar os cubos de bolo na calda preparada e em seguida passar pelo coco ralado, de modo a cobrir todos os lados generosamente.

Levar ao frigorifico pelo menos 2 horas, antes de servir.


Bolo de Ananás

Bolo de Ananás

Quem não conhece a receita do velhinho Bolo de Ananás e Caramelo?! Eu conheço bem, lembro-me que a minha avó fazia esse bolo para os aniversários cá de casa… Sempre achei piada ao bolo, decorado com as rodelas de ananás e as cerejas em calda.

No outro dia, a falar com a minha avó, ela falou-me de alguns dos bolos que costumava fazer.

Receitas muito antigas, que a minha avó faz desde que a minha mãe era pequena: o velhinho Bolo de Água, o Bolo de Ananás e o Bolo de Vinagre com bicarbonato de sódio (receita que se perdeu e nunca mais conseguimos reproduzir… alguém conhece?).




Este bolo não é o velhinho bolo de ananás com caramelo que a minha avó fazia, é uma versão “modernizada”, a minha versão :-)

Para este bolo não fiz o tradicional caramelo, apenas coloquei açúcar, manteiga e o ananás no fundo da forma e por cima coloquei a massa do bolo. Com o calor do forno, o açúcar e a manteiga derretem ficando caramelizados (o sabor fica menos marcado, assim como a cor). Para além disso, utilizei ananás fresco e adicionei um pouco de rum à massa do bolo…

Este bolo foi feito para a minha avó poder matar saudades dos velhos tempos. Na minha opinião fica menos enjoativo do que o “original”, um bolo húmido e muito agradável.



Bolo de Ananás

Ingredientes:

270g de ananás fresco (sem casca e cortado em fatias de fininhas)
50g de manteiga
100g de açúcar amarelo

Bolo:80g de manteiga
220g de açúcar
4 ovos médios
260g de farinha
1 colher de chá de fermento
250ml de buttermilk*
2 colheres de sopa de rum

Preparação:
Pre-aquecer o forno a 180º.

Forrar um tabuleiro de 27x17 cm, com papel vegetal untado com manteiga. Cortar a manteiga em bocadinhos pequeninos e dispor por cima do papel vegetal, polvilhar com o açúcar amarelo. Dispor as fatias do ananás sobre o açúcar.

Bolo:
Peneirar a farinha com o fermento.

Juntar o rum ao buttermilk.

Com a batedeira, bater a manteiga com o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado. Juntar os ovos um a um, batendo muito bem entre as adições. Alternadamente juntar a mistura da farinha e o buttermilk à massa. Bater até ficar tudo bem misturado.

Deitar a massa por cima das fatias de ananás e levar ao forno até ficar cozido (teste do palito no centro do bolo) Se necessário durante o tempo da cozedura tapar o bolo com uma folha de alumínio, para não queimar.

Retirar do forno e deixar arrefecer por 5 minutos antes de desenformar (ainda deve estar quente quando o desenformar). Inverter o bolo para o prato de servir, com cuidado retirar o papel vegetal.

Servir morno ou frio.

*Para fazer o buttermilk, utilizei 250ml de leite e 1+1/2 colher de sopa de sumo de limão. Misturar bem o leite com o sumo de limão, deixar repousar à temperatura ambiente por 15 minutos, até talhar.


http://baunilha-caramelo.blogspot.com/

Pudim Eva

Pudim Eva

Sempre que posso, para o almoço de Domingo preparo uma sobremesa. 
Os Domingos são sempre dias muito atarefados, com imensas coisas para fazer antes de voltar a Lisboa. 
Por isso, é um requisito serem sobremesas rápidas e de fácil preparação.

No Domingo passado, escolhi uma sobremesa típica de 
Outono, com maçãs e frutos secos. 
Extremamente reconfortante …
Foi para a mesa ainda morna e fez as delícias de todos.

Apesar da receita se chamar Pudim Eva (mantive o nome original), acho que a sua textura é mais parecida com um

bolo húmido do que com um pudim… 
Durante a cozedura, as maçãs libertam sumo que vai 
humedecer o bolo… Delicioso!

Esta receita pode ser feita num refractário grande ou em ramequins individuais. 

Para além das nozes podem ser utilizados outros frutos secos: passas, tâmaras, alperces, amêndoas...


Pudim Eva

Receita adaptada do livro Delicious - Whicked Desserts
Ingredientes:

750g de maçãs (cerca de 5 maçãs)
80g de açúcar mascavado claro
1 colher de chá de maisena
½ colher de chá de canela
½ colher de chá de raspa de laranja
100ml de sumo de laranja


Massa:

70g de manteiga amolecida
100g de açucar
3 ovos
½ colher de chá de canela
1 colher de sopa de whisky
130g de farinha
3/4 colher de chá de fermento

60g de nozes partidas grosseiramente


Preparação:

Descascar as maçãs, retirar o caroço e corta-las aos
cubinhos .

Colocar as maçãs numa taça, juntar o açúcar, a maisena, a canela, a raspa de laranja e o sumo de laranja. 

Envolver tudo muito bem e reservar.

Massa:

Peneirar a farinha com a canela e o fermento.

Bater a manteiga com o açúcar até obter um creme fofo. Adicionar os ovos um a um, batendo bem entre as adições. Adicionar o whisky e misturar.

Adicionar a mistura da farinha e bater bem.

Pre-Aquecer o forno a 180º.

Colocar a mistura das maçãs no fundo de um refractário de vidro (ou em ramequins). 

Dispor metade das nozes por cima das maçãs.

Tapar as maçãs com a massa previamente preparada e 

distribuir as restantes nozes, por cima. 

Levar ao forno até estar cozido (teste do palito no centro, o centro deve estar firme ao toque). 

Se necessário durante a cozedura tapar o pudim com uma
folhar de papel de alumínio.

Servir morno, polvilhado com açúcar em pó.



http://baunilha-caramelo.blogspot.com/

Bolo Chiffon de Laranja


Bolo Chiffon de Laranja

Adoro bolos simples. Por alguma razão acho-os
extremamente reconfortantes, especialmente se forem acompanhados por uma chávena de chá quente, num .
dia tão cinzento quanto o de hoje :-)


Este bolo fez-me recordar os bolos que a minha avó costumava fazer… bolos simples mas muito aromáticos e fofos. 
Uma delícia!


Bolo Chiffon de LaranjaReceita adaptada do livro Sky High de Alicia Huntsman
Ingredientes:

4 ovos grandes
160g de farinha
1 colher de chá de fermento
1 colher de café de bicarbonato de sódio
170g (70g+ 100g) de açúcar
40ml de óleo
60ml de sumo de laranja
raspa de ½ laranja de tamanho médio
1 pitadinha de sal


Preparação:

Pre-aquecer o forno a 180º. 
Forrar o fundo de uma forma com buraco com papel
vegetal.
Não untar o papel vegetal ou a forma.

Juntar às claras o sal e bate-las em castelo. 
 
Quando as claras começarem a formar picos suaves 
juntar aos poucos 70g de açúcar. 
Bater até ficarem firmes e reservar.

Para uma taça grande peneirar a farinha com o fermento 
e o bicarbonato de sódio. 
Juntar o restante açúcar, os ovos, o óleo, a raspa de laranja 
e o sumo de laranja. 
Com a batedeira, misturar até obter uma massa homogénea
e fofa.

Juntar 1/4 das claras em castelo à mistura das gemas 
e misturar bem. 
Posteriormente envolver suavemente as restantes claras.

Colocar a massa na forma previamente preparada. 
Levar ao forno até ficar cozido (teste do palito no 
centro do bolo), se necessário durante a cozedura 
tapar com uma folha de papel de alumínio.

Retirar do forno e deixar arrefecer na forma.

Quando o bolo estiver frio, soltar o bolo com a ajuda de uma faca e desenformar para um prato.
Retirar o papel vegetal e colocar o bolo no prato de servir.

Polvilhar com açúcar em pó.
 
http://baunilha-caramelo.blogspot.com/

Pão-de-Ló

Pão-de-Ló
http://baunilha-caramelo.blogspot.com/ 
Ingredientes:


5 ovos (gemas e claras separadas)
2 gemas
220g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
80g de farinha
30g de maizena
1 colher de chá de fermento
2 colheres de sopa de amarguinha
1 pitadinha de sal


Decoração:

Açúcar em pó
50g de fios de ovos
Figuras de Chocolate*
Amendoas qb.


Preparação:


Pre-aquecer o 180º C. Untar uma forma redonda de 22cm** com manteiga e forrar o fundo com papel vegetal também untado. Polvilhar com farinha.

Peneirar a farinha o fermento e a maisena.

Bater as gemas com o açúcar e o açúcar baunilhado, até ficarem fofas e esbranquiçadas (durante +/- 6 minutos na velocidade máxima). 
Aos poucos juntar a mistura da farinha e bater mais um pouco (+/-3 minutos )até ficar bem combinado.

Juntar a amarguinha e bater até ficar combinado.

Juntar às claras uma pitadinha de sal. Bater as claras em castelo até ficarem bem firmes.

Aos poucos e delicadamente envolver as claras na massa. Envolver cuidadosamente até ficar homogéneo.

Colocar a massa na forma anteriormente preparada e 
levar ao forno. 
Quando o bolo começar a ganhar cor,
tapar com uma folha de alumínio e deixe cozer.

Quando o bolo estiver cozido (teste do palito no centro 
do bolo) retirar do forno e deixar arrefecer um pouco 
antes de retirar da forma.

Deixar arrefecer completamente o bolo, antes de decorar.

Polvilhar com açúcar em pó. 
No centro colocar os fios de ovos e decorar com amêndoas/figuras de chocolate e as amendoas.

* As figuras e os ovos de chocolate comprei na Hussel.

** Alternativamente pode utilizar uma forma 
redonda com buraco, já fiz esta receita de ambas
as formas.

Pudim Flan

Pudim Flan



Esta receita enche-me as medidas é fácil e deliciosa, não é demasiado doce e a textura do pudim é muito agradável. Perfeita para terminar a refeição.

Pudim Flan

Ingredientes (8 pudins individuais):

Caramelo: 200g de açúcar, 80ml de água

Pudim: 2 ovos grandes, 2 colheres de chá de açúcar 
baunilhado, 200ml de leite condensado, 300ml de leite evaporado, 200ml de leite.

Preparação: Caramelo:

Coloque num tachinho o açúcar e a água, leve a lume 
brando e deixe ferver*. 

Quando o caramelo atingir a cor pretendida (não gosto 
do meu demasiado escuro, gosto de dourado escuro), 
retirar do lume e com muito cuidado forrar (fundo e 
laterais) as forminhas dos pudins com o caramelo.

Pudim Flan:

Pre-aquecer o forno a 180º.

Numa taça colocar os ovos com o açúcar baunilhado e 
misturar muito bem com uma vara de arames.

Posteriormente adicionar o leite, o leite condensado e 
o leite evaporado, misturar até ficar homogéneo.

Colocar o pudim nas forminhas anteriormente 
caramelizadas.

Colocar as forminhas num tabuleiro e encher esse 
tabuleiro com água a ferver (a água deve chegar a
metade da altura das formas dos pudins). 
Levar ao forno.

Quando os pudins começarem a tomar cor, tapar com
uma folha de papel de alumínio para não queimar.

Quando os pudins estiverem prontos, devem estar firmes 
no centro (cerca de 1h e 15 minutos, mas depende de 
forno para forno), com cuidado retirar do forno 
o tabuleiro.

Retirar as formas dos pudins e deixar arrefecer. 
Depois de frios, levar os pudins ao frigorífico durante 
umas horas. 
Na altura de servir, retirar do frigorifico, passar uma 
faca para soltar o pudim lateralmente. 
Inverter sobre um prato e servir.

*Algumas notas sobre o caramelo:

- Fazer caramelo não é difícil, mas é preciso ter muito 
cuidado porque as queimaduras de caramelo são muito dolorosas :-) 

Utilizo sempre umas luvas para proteger as mãos.

- Tachos/frigideiras com fundos anti-aderentes torna 
mais difícil ver a cor do caramelo e perceber quando
está pronto.

http://baunilha-caramelo.blogspot.com/

Espiral Folhada de Maçã e Amêndoa

Espiral Folhada de Maçã e Amêndoa

 

Volto com esta espiral folhada :-) e para breve ficam 
prometidas mais receitas, sempre (muito) doces…

É um bolo muito bonito, perfeito para os amantes de massa folhada. 
 
A preparação desta receita não é difícil por isso não se deixe intimidar pelo seu tamanho, apenas tentei ser precisa :-)



Espiral Folhada de Maçã e Amêndoa
Ingredientes:

400g de maçãs vermelhas (pesadas já sem casca e
sem caroço)
1 pau de canela
40g de manteiga
170g de açúcar amarelo
100g amêndoa com pele triturada

2x 230g de massa folhada*
1 ovo batido
Açúcar em pó qb


Preparação:

Com um ralador de legumes, ralar a maçã.

Num tachinho colocar a maçã, a manteiga, o pau de canela, o açúcar e levar ao lume (lume médio mexendo frequentemente).
 
Deixar ferver até todo o liquido ter evaporado e a maçã ficar cozida. 
Retirar do lume e retirar o pau de canela. 
Juntar as amêndoas e misturar até ficar homogéneo.
Deixar arrefecer.

Pre-aquecer o forno a 190ºC.

Untar uma tarteira de fundo amovível com manteiga (se preferir servir sem o fundo da tarteira, forrar o fundo uma folha de papel vegetal também untado com manteiga).

Estender* a massa folhada e cortar tiras 
com 5/6cm de largura**. 
 
Com a ajuda de uma colher de chá, colocar um pouco de recheio sobre uma tira de massa (o recheio deve ficar no centro e a todo o comprimento da tira). 
 
Posteriormente, enrolar e pressionar ligeiramente as pontas da tira, de forma a que o doce fique selado no interior da massa (a ideia é ficar com um cilindro muito comprido recheado com o doce).

Repetir para as restantes tiras de massa e com o restante doce.

Segurar numa das extremidades de um cilindro, enrolar à volta de forma a obter uma espiral (ou um caracol…) e colocar no centro de forma (com a junção da massa virada para baixo). 
 
Enrolar outro cilindro à volta. 
Repetir para os restantes cilindros. 
Não preencher o fundo da tarteira totalmente, deixar 3 cm para a massa crescer.

Pincelar a tarte com o ovo batido e levar ao forno até ficar cozida (deve crescer e ficar com uma cor dourada)

Retirar do forno e deixar arrefecer um pouco. 
Polvilhar com açúcar em pó e servir morno ou frio.

*Comprei 2 embalagens massa folhada fresca para bases de tarte, que vem já estendida com o formato de um circulo.
** Descartar as tiras mais pequenas.


http://baunilha-caramelo.blogspot.com/

Gratinado de salmão e batatas

Gratinado de salmão e batatas

http://jannajoaninha.blogspot.com/

 

Esses dias peguei uma promoção no mercado de salmão inteiro.
 
Então, com metade do bicho fiz um filé e congelei, com a outra, tirei o couro e fiz lascas para esse delicioso prato. 
 
Batata combina perfeitamente com esse peixe de sabor tão intenso... não acham?



Mini-empadão de frango com amêndoas e nozes

Mini-empadão de frango com amêndoas e nozes

http://jannajoaninha.blogspot.com/

 


Eu A-D-O-R-O comidinhas individuais, acho que não 
tem nada mais chique do que isso! 
Um verdadeiro charme. 
Pra variar... resolvi improvisar uma jantinha diferente...
e fiquei de olho no resto de patê que tinha na geladeira
(frango com amêndoas e nozes). 

Fiz correndo uma massa para empadão (receita infalível da mamãe) e surgiu esses lindos mini-empadões! 
Delícia...

Para a massa:
  • 13 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 5 colheres de sopa de manteiga
  • 5 colheres de sopa de gordura vegetal
  • 2 colheres de sopa de água gelada
  • 1/2 colher de sopa de sal

Tortinha de mignon suíno

Tortinha de mignon suíno

http://jannajoaninha.blogspot.com/


Gennnnte querida, o que é essa tortinha? Maravilha...

Tenho reparado que em quase nenhum blog da blogsfera culinária coloca muitas receitas com carne de porco. 
 
Eu sei que ainda correm muitos mitos e a grande maioria das pessoas não tem conhecimento sobre os grandes avanços da carne suína. 
 
Você sabia que não se vende mais carne de porco?
Na verdade só se comercializa o suíno, ou carne suína!

O suíno "moderno", melhorado geneticamente durante anos, alimenta-se à base de ração (soja e milho) e é confinado em lugares com temperatura ideal e em piso de cimento, sem qualquer acesso à terra e às pastagens, diminuindo o risco
de contaminação. 
 
A carne suína hoje tem pouca caloria, pouca gordura e consequentemente, menos colesterol também, menos até 
que um corte magro de carne de boi. 
 
Tem pouquíssimo teor de sódio, sendo indicado para 
hipertensos e ainda é rica em vitaminas, minerais e tem 
algo teor nutritivo! Quer mais? E ainda é super versátil
e saborosíssima!

Hoje é possível encontrar facilmente diversos cortes no mercado, como este mignon, que rendeu uma saborosa 
torta!

 
Utilizei uma versão salgada da massa frola, fácil fácil de fazer. Segue a receita:
  • 250g de farinha de trigo
  • 125g de manteiga amolecida (usei margarina)
  • 1 colher de sopa de sal
  • 1 pitada generosa de açúcar
  • 1 ovo
Faz assim: numa vasilha, bata com o fouet a manteiga, 
o sal e o açúcar. Acrescente um pouco de farinha e 
mexa bem. 

Adicione o ovo inteiro, incorpore.

Vá acrescentando aos poucos o restante da farinha, 
sovando delicadamente com as mãos (mas não muito).

Faça uma bola com a massa, coloque num saquinho 
plástico e leve à geladeira por 1 hora.

Agora para o recheio, não anotei as medidas dos ingredientes... mas utilizei uma peça de mignon suíno cortado em cubinhos, temperei com ervas frescas, flor do sal, limão e pimenta do
reino moída na hora. 

Numa frigideira com um pouco de água e azeite de oliva, cozinhei um pouco. 

Acrescentei molho branco que já tinha pronto de outra
receita. E só!

Choco & Lemon Tartelette

Choco & Lemon Tartelette

http://jannajoaninha.blogspot.com/


As vezes a gente precisa de alguns desafios para dar um... digamos... ânimo.. né mesmo? E já fazia um belo tempo 
que eu não me aventurava na cozinha. 
 
Pois numa das minhas arrumações essa semana vi essas forminhas de tartelettes... logo me deu vontade de fazer 
algo com elas. 
 
E não seria algo nada facinho-facinho não!! Eu queria uma "senhora tartelette"! Algo que fizesse os olhos babarem, 
se é que isso é possível! 
 
Como sou prática, abri a despensa/geladeira e rapidamente decidi o que fazer com os ingredientes disponíveis: chocolate, creme de leite, ovos, farinha, açúcar, manteiga.
 
Só isso! Ah, os limões colhi do pé... a madame aqui é chique! 
O grande desafio seria fazer o lemon curd, já que o resto 
é bem fácil de se fazer!

Chega de blablablá, vamos à receita:

Massa frola:
  • 250g de farinha de trigo
  • 125g de manteiga amolecida
  • 100g de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 ovo
  • essência de baunília a gosto
Num bowl misture a manteiga, o açúcar, o sal e a baunília.

Depois acrescente o ovo e misture tudo com o auxílio de um fouet ou batedor.

Vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos, peneirando para evitar grumos.

Misture até obter uma massa homogênea.

Não se deve amassar muito para que não perca a textura 
tão importante dessa massa.

Coloque a massa num saco plástico e deixe na geladeira 
por pelo menos 1 hora.

Lemon Curd:
  • 100ml suco de limão
  • 3 ovos
  • 150g de açúcar
  • 125g de manteiga
  • raspas de limão à gosto
Geralmente se faz esse creme com limão siciliano, mas eu usei limão cravo mesmo. 
É também muito saboroso. 
Numa panela coloque o suco de limão, a manteiga e metade do açúcar. 
Deixe que a mistura ferva, mexendo sempre. 

Enquanto isso, em bata os ovos e o restante do açúcar, 
reserve.

Retire a panela do fogo e acrescente aos poucos a mistura de ovos, mexendo até incorporar. 

Volte ao fogo, agora baixo, e deixe ferver a mistura até engrossar. 
Tampe a panela e deixe esfriar.

Ganache de chocolate:
  • 1 barra de chocolate meio amargo
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 1 colher de sopa de licor de cacau
Derreta o chocolate (eu uso o microondas) e vá
acrescentando o creme de leite aos poucos, sempre
mexendo para incorporar. 

Depois misture o licor. 
Pode ser outra bebida alcóolica, mas eu gosto do sabor 
do licor.

Montagem: essa receita pode ser perfeitamente utilizada
para uma torta convencional, mas eu adoro porções 
individuais, vocês já sabem! 
 
Então forrei as forminhas com a massa e levei ao forno 
até que começassem (acho que nunca escrevi essa 
palavra.. que estranho!) a ficar douradas. 
 
Deixei esfriando enquanto fazia os recheios. 
 
Comecei pelo lemon curd, que demora mais 
para esfriar. 
 
Depois de tudo pronto, é só rechear as tartelettes como 
quiser.. eu fiz meio-a-meio ... acho bonitinho, mas da 
para misturar, fazendo desenhos! Use sua criatividade!

Mini-mini cheesecakes

Mini-mini cheesecakes

http://jannajoaninha.blogspot.com/
Ok, estou eu fazendo mais uma vez coisinhas pequenas e individuais! Acho que tenho uma paranóia com isso.. mas que fica lindo... ah fica!! Esses mini-mini cheesecakes eu fiz para receber a visita da minha tia Rose, que mora lá em Santa Catarina. 
Ela é uma doceira de mão cheia, então eu não podia deixar barato né?
Fiz a massa frola (viciei nessa massa, a melhor de todas com certeza!) , um creminho improvisado de ricota, ovos e leite condensado... para cobrir, uma geléia de framboesa (colhidas direto do pé!). Utilizei forminhas de empadinha, bem pequenas.
 
Confesso que de um trabalhão forrar todas elas, tanto que nem fiz toda a massa assim, fiz metade nas pequenininhas e metade numa forma grande hehehehe... bem, pra falar a verdade, não é tão trabalhoso assim, é que sou impaciente mesmo!
 
Nem eu mesma sei como consigo fazer essas coisas delicadinhas ;)
O resultado foi esse ai, uma delícia... o paraíso a poucas mordidas de distância!

RECEITA DE TORTA DE REQUEIJAO COM MASSA FROLA CHALAVI PARA CHAVUOT

RECEITA DE TORTA DE REQUEIJAO COM
MASSA FROLA CHALAVI PARA CHAVUOT

http://www.koshermap.com.br/

Receita de Torta de Requeijão com Massa Frola Chalavi para Shavuot
Receita de Torta de Requeijão com Massa Frola Chalavi (de leite) para Shavuot
Ingredientes:
Massa
  • 1 ovo
  • 200 gramas de farinha de trigo
  • 50 gramas de açúcar
  • 100 gramas de manteiga ou margarina
Recheio
  • 4 ovos
  • 200 gramas de açúcar
  • 50 gramas de farinha de trigo
  • 300 mililitros de leite
  • 250 gramas de requeijão
  • Raspas de limão
Modo de Preparo:
Massa
  • Misture a margarina com o açúcar, o ovo e a farinha até ficar uma massa bem lisa.
  • Modele em uma forma de fundo removível (aro 25) nas laterais e no fundo.
Recheio
  • Bata todos os ingredientes no liquidificador por 3 minutos até formar uma massa lisa. Acresente as raspas de limão.
  • Despeje o recheio na forma já com a massa frola aplicada e asse em forno médio por aproximadamente 2 horas a 150 graus.
Sugestões de Cobertura
  • Doce de Frutas Vermelhas ou Goiabada.
[Fonte: Caderno de Receitas do Talmud Torá Maguen Avraham]



"I love choco" muffins

"I love choco" muffins

Muffins são legais de fazer porque são muito rápidos e
fáceis, pois basicamente é só misturar todos os ingredientes... esse eu fiz a pedido da minha mãe, que precisava para um
café da manhã que ela tinha vendido. 
 
As "clientes" pediram algum bolinho de chocolate que 
não fosse muito doce... a partir daí, desenvolvi essa receita, 
que mesmo levando muito chocolate, não fica doce.
  • 1 1/2 xícara de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 3 colhares de sopa (generosas) de ovomaltine
  • 2 colheres de sopa de raspas de chocolate
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 xícara de leite
  • 100ml de óleo
  • 1 ovo
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
MODO DE PREPARO:

Bater o ovo com o leite e o óleo. 

Depois acrescente a farinha de trigo e os demais ingredientes
até misturar bem.

Leve ao forno em forminhas próprias para muffins até dourar. 

Lembre: não precisa peneirar farinha nem bater muito a
massa, pois os muffins devem ficar meio "rústicos" mesmo, 
por isso disse que tão fácil de fazer... não requer nenhuma técnica complicada para se prepará-los. Não é ótimo?

http://jannajoaninha.blogspot.com/

Egg-in-hole

Egg-in-hole

Vi essa receita aqui e fiquei doida pra fazer. 
A diferença foi que usei 2 fatias juntas de pão.
 
Nada mais é do que um pão com ovo, só que com 
uma "roupagem nova"!!
É muito fácil, você só vai precisar de pão fatiado, ovos e margarina. 
Ah, e um cortador de biscoitos ... com ele você vai fazer 
o furo no pão. 
 
Como disse, usei 2 fatias juntas para dar mais "sustância" ao bicho... aí você tasca uma colher de margarina numa frigideira (um fio de azeite de oliva para ela não queimar) e espera ela derreter, põe o pão, abaixa um pouco o fogo e quebra o ovo dentro do furo do pão, uma pitadinha de sal e pimenta ou o que você goste, deixa fritar bem e vira com cuidado para fritar do outro lado... nessa hora é bom colocar mais um pouco de margarina. E voilá!

http://jannajoaninha.blogspot.com/